Se é fã da série “Foi Assim que Aconteceu”, é capaz de se recordar de um episódio em que a personagem de Ted Mosby (Josh Radnor) combina um encontro às cegas com uma rapariga chamada Jen. Poucos minutos depois, ambos se apercebem de que estão numa repetição de um primeiro encontro, também às cegas, sucedido sete anos antes.

As coisas não tinham corrido bem e a relação não evoluiu após esse jantar, tanto no encontro passado como na noite em que Jen e Ted se encontram pela segunda vez. Entre muitas outras coisas, Jen falava demasiado dos seus gatos e Ted não conseguia parar de corrigir os erros ortográficos da ementa.

O primeiro encontro nem sempre é fácil. Há expectativas para gerir, necessidade de que a conversa flua e, muitas vezes, não conseguimos ignorar o sentimento de que estamos a ser avaliados pela pessoa à nossa frente — e vice-versa.

E, na verdade, há temas, frases, ações e gestos que são capazes de colocar um ponto final num relacionamento que ainda nem sequer começou. É comum dizer-se que não se consegue mudar uma primeira impressão e, apesar dessa premissa nem sempre corresponder à verdade, muitas vezes as atitudes que vemos numa pessoa na primeira vez que lidamos mais com ela demonstram os seus traços de personalidade.

O tema despertou-nos curiosidade e fomos perguntar a um grupo de mulheres, dos 25 aos 66 anos, o que mais as incomodava num homem durante um primeiro encontro. O desafio foi lançado por chat, e as 18 respostas que nos deram foram as seguintes:

  1. “Perturba-me a falta de etiqueta à mesa, como lamber a faca. E também não gosto quando não sabem falar, como dizer ‘Fui ca (em vez de com) minha mãe à praia’.” Luísa, 28 anos
  2. “Que não se ria das minhas piadas.” Marta, 30 anos
  3. “Descuido nos sapatos.” Glória, 66 anos
  4. “Detesto que se gabem muito, que tenham uma aparência descuidada, que façam muitas perguntas e muitas críticas.” Andreia, 38 anos
  5. “Pagas tu ou pago eu?” Irina, 29 anos
  6. “Falar sobre ex-relacionamentos.” Joana, 28 anos
  7. “Ter uma atitude altiva para se mostrar uma pessoa confiante, como contar histórias onde foi o maior ou tratar mal o empregado.” Ana Luísa, 27 anos
  8. “Enganar-se no meu nome.” Carmen, 25 anos
  9. “Chegar atrasado e tratar-me por boneca ou princesa.” Inês, 30 anos
  10. “Não tolero erros de português. E se ele der erros na SMS onde estamos a combinar tudo para o encontro, nem apareço!” Rita, 34 anos
  11. “Estar constantemente a mexer no telemóvel como quem está a controlar mais alguma coisa… ou mais alguém!” Mia, 36 anos
  12. “Falar na mãe.” Teresa, 41 anos
  13. “Olhar para outras mulheres.” Ana, 27 anos
  14. “Quando não me perguntam nada sobre mim e não têm assunto.” Bárbara, 31 anos
  15. “Vais mesmo comer isso tudo?” Patrícia, 30 anos
  16. “Odeio homens egocêntricos e não tenho paciência quando se começam a exibir.” Magda, 41 anos
  17. “Se só falar dele, está cortado da lista.” Sandra, 30 anos
  18. “Não me beijar.” Joana, 25 anos